Um choque de realidade…

(Foto: Reprodução Internet)

Pensamos demasiadamente e agimos muito pouco. Um trabalhador brasileiro cumpre suas obrigações sempre. Gostaria da mesma atitude dos nossos governantes, que não respeitam nossa moral e dignidade. Temos hoje em nosso país uma disputa de vaidade política entre os principais partidos, que esqueceram das suas obrigações com a nação e o trabalhador brasileiro. Esqueceram o básico que aprendemos na escola desde o início, que são os três poderes. Pegaram o legislativo, o executivo e o judiciário e fizeram uma salada. Nosso país vive muito mais uma crise política do que propriamente financeira. Dificuldades, só conseguimos combater com ação e disposição, coisa que há muito tempo não estamos vendo em nossos políticos. Quando se fala em reforma econômica, logo vem a velha conversa de cortar direitos dos trabalhadores, como se o trabalhador fosse o vilão da história. Temos que deixar claro para aqueles que compactuam em extinguir os direitos trabalhistas que também temos valores, que trabalhar para alguém não é um favor, mas sim uma ação de crescimento econômico para aquele que é beneficiado com nossos esforços. Vivemos num mundo repleto de tecnologia, mas muito mais do que isso, precisamos da inteligência do ser humano, não podemos ser vítimas do nosso sistema político-social. A vida é composta de planos, valores e dignidade, caso contrário não terá valido a pena ter trabalhado tanto para termos construído família e preservado conquistas. Trabalhador brasileiro, seja mais participativo com o seu sindicato. Seu apoio será sempre uma ação expressiva em defesa de seus direitos.

marcosarruda

Marcos Costa de Arruda
Presidente do SEAAC de Franca e Região e Presidente da ASEAAC Associação dos SEAACs do Estado de São Paulo