Ultracenter: começam a ser liberadas as primeiras guias rescisórias para pagamento

A atuação da empresa de cobrança Ultracenter em Botucatu tem gerado desconforto e polêmica na cidade e na região. Em março deste ano, 50 funcionários foram demitidos e já estão há mais de 45 dias sem resguardo trabalhista. Após a dispensa, nem mesmo as guias rescisórias foram entregues aos ex-empregados.

O SEAAC, sabendo desse problema e frente à procura dos associados, tem lutado pelos direitos trabalhistas e nesta semana dois funcionários conseguiram, por meio de alvará judicial, a liberação da documentação referente ao saque do Fundo de Garantia e entrada no Seguro-Desemprego.

Para alertar a comunidade e a quem possa interessar, Lázaro Eugênio, presidente do SEAAC, concedeu uma entrevista no Jornal Clube Gente, radiojornal da Clube FM 103,5 de Botucatu, que atinge mais de 300 cidades do interior paulista.

Ouça a entrevista na íntegra feita pelo repórter Guilherme Dorini:

O SEAAC já havia solicitado fiscalização

Em documento datado 5 de abril deste ano, a Ultracenter Sistemas de Recuperação de Crédito e Contact Center Ltda. foi questionada quanto a inserção de aprendizes. Embora a cota do estabelecimento fosse de 29 vagas, nenhuma delas estava preenchida.

Entre em contato

A orientação para os ex-empregados que procuram informações orientadoras do SEAAC é a de entrar em contato pelos canais:

SEAAC, filial Botucatu:  (14) 99880-1515

SEAAC, sede Bauru: (14) 3227-4848

Fale Conosco

 

Texto: Loyce Policastro/Netshare Marketing Criativo