Veja o calendário de pagamento de até R$ 1.045 do FGTS

A Caixa divulgou hoje o calendário de pagamento de R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), com início em 29 de junho, até 21 de setembro, seguindo o mês de nascimento dos trabalhadores e trabalhadoras.

Foto Reprodução: FGTS.

Foto Reprodução: FGTS.

Duas etapas

A liberação se dará em duas etapas, a primeira sem permissão de saque em dinheiro. A princípio, a Caixa vai depositar os valores em poupanças digitais abertas pelo banco. O trabalhador poderá mexer na conta apenas para pagamento de boletos, compras online e compras com pagamento realizadas em algumas maquininhas de cartão. Serão autorizados saques em dinheiro ou transferências para contas em outros bancos apenas a partir de partir de 25 de julho.

 

Confira a seguir o calendário completo do Saque emergencial do FGTS

Depósito na poupança digital da Caixa:

Mês de aniversário Dia do depósito
Janeiro 29/jun
Fevereiro 6/jul
Março 13/jul
Abril 20/jul
Maio 27/jul
Junho 3/ago
Julho 10/ago
Agosto 24/ago
Setembro 31/ago
Outubro 8/set
Novembro 14/set
Dezembro 21/set

 

Autorização para saques e transferências

Mês de aniversário Dia da liberação
Janeiro 25/jul
Fevereiro 8/ago
Março 22/ago
Abril 5/set
Maio 19/set
Junho 3/out
Julho 17/out
Agosto 17/out
Setembro 31/out
Outubro 31/out
Novembro 14/nov
Dezembro 14/nov

Fonte: Caixa Econômica Federal

 

 

Abertura da poupança digital

A Caixa irá realizar a abertura automática de contas de poupança digitais. Não haverá cobrança de tarifa mensal e o titular terá direito a realizar uma transferência por mês de forma gratuita.

 

Trabalhador não é obrigado a sacar

Os trabalhadores poderão optar por não receber o saque emergencial do FGTS. Para isso, é preciso fazer o pedido pelo aplicativo do FGTS (Android ou iOS) até dez dias antes da data prevista para o depósito. Se o crédito já tiver sido depositado ou faltar menos de dez dias para o depósito, o trabalhador poderá solicitar pelo aplicativo que o dinheiro retorne ao fundo. Segundo a Caixa, o valor será corrigido como se não tivesse sido movimentado.

 

Dinheiro fica disponível por 90 dias

O FGTS depositado em poupança digital permanecerá disponível para movimentação por 90 dias. Caso não seja sacado, o dinheiro retorna para a conta do fundo. Segundo a Caixa, o trabalhador que quiser sacar o dinheiro após os 90 dias poderá solicitar pelo app do FGTS.

 

Aplicativo permitirá pagamentos

Todos os depósitos do FGTS serão feitos em poupança digital no aplicativo Caixa Tem (Android ou iOS), mesmo para quem já é correntista da Caixa. O app permite pagar boletos, emitir um cartão de débito virtual para compras online ou usar um QR Code (código de barras digital) para pagamento em algumas maquininhas de cartão. Contudo, para sacar ou transferir o dinheiro é necessário esperar o dia de liberação, conforme o calendário acima.

 

Fontes: CAIXA, UOL