Entenda a importância da campanha e conscientização da causa: Novembro Azul

A campanha anual é realizada em novembro e tem como objetivo alertar a sociedade, em especial os homens, sobre a conscientização de doenças masculinas, com ênfase na prevenção do câncer de próstata.

Como surgiu o Novembro Azul?

O movimento Novembro Azul teve origem em 2003 na Austrália com o objetivo de alertar sobre o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina.

No Brasil, o MS se colocou favorável à abordagem integral da saúde dos homens. O Ministério lançou, com apoio técnico do INCA, a página Câncer de próstata; causa, sintomas, tratamento e prevenção em seu portal na Internet.

O INCA também postou a cartilha Câncer de próstata: vamos falar sobre isso? com informações para que as pessoas possam entender mais acerca da doença e decidirem o que é melhor para a própria saúde. A cartilha incentiva a conversa com o profissional de saúde. Além disso, o Instituto também produziu o vídeo Saúde do homem – um alerta e ao mesmo tempo um convite para que o homem se cuide.

A importância da campanha:

O Novembro Azul é uma campanha de extrema relevância, visto que o câncer de próstata, além de ser maligno, é uma doença letal. Sua estimativa é de 69 mil novos casos ao ano, e apesar disso, 51% dos homens nunca consultaram urologista, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Um dado tanto quanto alarmante.

O câncer de próstata:

O câncer de próstata é uma doença maligna e letal, que prevalece em homens acima dos 50 anos. Apesar de não existir prevenção, o diagnóstico precoce é de extrema importância para o tratamento e cura.

Atualmente, é possível não retirar o tumor, quando é classificado de baixo risco, e manter o acompanhamento de sua evolução, procedimento chamado de vigilância ativa.

Apesar de em alguns casos os sintomas não aparecerem, é importante ficar atento. Alguns sintomas são identificados a partir da dificuldade de urinar, mais especificamente, em iniciar e manter o fluxo constante de urina. Além deste sintoma, a micção excessiva durante a noite, micção frequente, retenção urinária ou incontinência também fazem parte do quadro de sintomas.

Prevenção ao câncer de próstata:

Apesar de não ter um meio de prevenção eficaz e comprovado, estudos comprovam que manter uma boa alimentação rica em frutas, vegetais, legumes, grãos e cereais integrais é benéfico. Outros hábitos saudáveis também são indicados, tais quais: realizar atividades físicas, não fumar, evitar o consumo de bebida alcoólica e manter o peso corporal adequado.

Além disso, é fundamental realizar exames de toque retal anualmente e consultar ao urologista com frequência, que por sua vez é de extrema importância para um diagnóstico precoce.